Restabelece
o trânsito intestinal.1

Você sabia que o intestino é considerado nosso “segundo cérebro”?

10 de setembro de 2021

Se alguém dissesse que seu intestino é capaz de tomar decisões por conta própria, você acreditaria? E se te contassem que ele é independente e pode controlar o seu humor e afetar sua concentração?

É isso mesmo. Esse órgão de 9 metros de comprimento é independente de comandos cerebrais e é responsável pela maior parte da produção de serotonina e por pelo menos metade da dopamina descarregada pelo nosso corpo.¹

O intestino é diferente de qualquer outro órgão do corpo humano. Ele possui o próprio sistema nervoso, chamado sistema nervoso entérico (SNE). Esse sistema nervoso controla o sistema digestivo diretamente, sem interferência do sistema nervoso central.¹

Além desse sistema nervoso independente, ele também a abriga a microbiota intestinal, que tem um importante papel em nosso “segundo cérebro”.¹

O papel da microbiota intestinal no humor

Já falamos sobre a microbiota intestinal antes. Essa população de microrganismos que habita nosso trato gastrointestinal é responsável por proteger a mucosa intestinal de bactérias que podem ser perigosas para o nosso corpo.³

O que os estudos recentes tentam descobrir é se o segredo para o controle da ansiedade e do humor está diretamente relacionado à microbiota. As bactérias intestinais que ficam localizadas na microbiota interferem no funcionamento dos neurônios do intestino e do cérebro.²

Se elas fizerem parte da cultura de bactérias ruins para o nosso organismo, os neurônios do cérebro podem ser afetados e a produção de serotonina no intestino pode ser comprometida, abrindo espaço para o mau-humor e até sintomas depressivos.⁴

A barriga manda na cabeça?

Na verdade, essa é uma via de mão dupla. O sistema digestório pode sim, afetar o seu humor, como quando você sente um frio na barriga ao passar por uma situação de estresse, mas seu humor também pode afetar o sistema digestório.¹

Tudo depende da cultura de bactérias que conservamos em nossa microbiota. Estudos em andamento desconfiam da hipótese de que uma microbiota afetada com bactérias ruins pode destruir os neurônios intestinais e prejudicar o cérebro, mas esse fenômeno ainda está sendo estudado em animais de laboratório e não chegou a ser observado em humanos.²

O fato é que o cérebro e o intestino precisam de atenção. Uma alimentação balanceada somada a outros hábitos saudáveis, como a prática de exercícios que reduzam os níveis de estresse, manter um sono de qualidade e evitar substâncias como álcool e cafeína podem ajudar a prevenir surpresas desagradáveis para esses dois importantes órgãos.⁴

Gostou dessa matéria? Então continue acompanhando nosso blog para mais informações sobre saúde.

 

Fontes:
1. https://super.abril.com.br/saude/seu-segundo-cerebro/
2. https://www.bbc.com/portuguese/geral-45664504
3. https://saude.abril.com.br/blog/alimente-se-com-ciencia/microbiota-intestinal-cada-vez-mais-importante/
4. https://lactulona.com.br/saude-mental-e-intestino-qual-e-a-ligacao-entre-eles/

 

 

Gostou? Compartilhe: