Restabelece
o trânsito intestinal.1

Medicamentos isentos de prescrição: Como utilizar

21 de julho de 2020

Você provavelmente já comprou na farmácia alguns medicamentos isentos de prescrição (também conhecidos como MIPs). Alguns remédios para dor de cabeça, febre e intestino preso, como Lactulona, estão disponíveis para a compra sem receita médica e se destinam para tratamento de doenças não graves e com evolução lenta ou inexistente. Porém, a automedicação deve ser feita com cuidados para não se tornar um problema para sua saúde.1

Segundo a consultoria global IQVIA, os medicamentos isentos de prescrição representam 31% do mercado farmacêutico e os remédios mais vendidos são os que tratam dores, febre, resfriados e problemas gastrointestinais.2

Como os medicamentos são eleitos como medicamentos isentos de prescrição?

Como os medicamentos são eleitos como medicamentos isentos de prescrição?

Para liberar o uso dos MIPs, a Anvisa avalia certas características dos medicamentos. Para serem comercializados sem receita médica, a principal característica necessária é um baixo potencial de toxicidade, de modo a oferecer pouco risco ao pacientes.1

“Para entrarem nessa categoria, os medicamentos devem ter efeitos adversos com causas conhecidas e reversíveis após sua suspensão, baixo potencial de toxicidade e de interações medicamentosa e alimentar, período de uso bem determinado, fácil manejo, além de não causar dependência”, diz Marli Martins Sileci, vice-presidente executiva da Associação Brasileira da Indústria de Medicamentos Isentos de Prescrição (Abimip).2

Cuidados ao tomar os MIPs

1) Não altere a dose

Antes de consumir medicamentos isentos de prescrição, leia a bula atentamente e se informe com o farmacêutico. Atente-se à posologia, siga sempre o recomendado pela bula.2,3

2) Cuidados com as misturas


Alguns MIPs não devem ser ingeridos em conjunto ou necessitam de algum cuidados extra. Informe-se com seu médico ou com o farmacêutico.2

3) Não altere o comprimido ou cápsula

Evite cortar o comprimido ou retirar o conteúdo da cápsula, isso pode gerar riscos para sua saúde.2

4) Atente-se à validade

Os medicamentos costumam durar bastante tempo, mas todos possuem uma data de validade. Verifique essa data antes de ingerir o remédio.2

Como tomar lactulose?

A lactulose, agente fisiológico presente em Lactulona, ajuda no tratamento da constipação intestinal e é um medicamento isento de prescrição. Lactulona pode ser utilizada no tratamento de constipação intestinal e da encefalopatia hepática.2,3

O medicamento está disponível nas farmácias em forma de xarope, em frasco ou sachês, e é tomada por via oral. Ela pode ser ingerida pura ou misturada com sucos, leite, iogurte, água e qualquer líquido.3 A dose máxima diária de Lactulona pode variar de acordo com as necessidades e idade do paciente.

A dose diária recomendada para constipação intestinal crônica em pacientes acima de 12 anos de idade e adultos é de 15 a 30 mL por dia. Consulte seu médico ou farmacêutico para verificar a dose indicada.3

Ao ingerir medicamentos isentos de prescrição, é preciso tomar todos os cuidados necessários. Por isso, sempre se informe com o farmacêutico e lendo a bula do medicamento.

 

Fontes:

1. http://portal.anvisa.gov.br/informacoes-gerais-mip
2. https://saude.abril.com.br/medicina/medicamentos-isentos-de-prescricao-mips/
3. Bula de Lactulona

Gostou? Compartilhe: