Restabelece
o trânsito intestinal.1

Estresse causa prisão de ventre?

11 de agosto de 2020

Alguma vez você já se sentiu estressado e isso impactou seu intestino de alguma forma? Isso tem uma explicação científica: Seu intestino tem seu próprio sistema nervoso que está diretamente ligado ao cérebro. Então, se você está se questionando se o estresse causa prisão de ventre a resposta é sim, isso pode acontecer1.

Segundo o gastroenterologista Eduardo Antonio André, do Hospital do Servidor Público Estadual, em São Paulo, nosso intestino, assim como o cérebro, é cheio de neurônios (uma média de 500 milhões)1.

Quando você sente uma emoção forte, como o estresse, problemas no funcionamento intestinal, como diarréia, constipação, gases, síndrome do intestino irritável e dor abdominal são mais suscetíveis a acontecer, segundo Fábio Atui, cirurgião do aparelho digestivo. Ao se estressar, o fluxo sanguíneo em órgãos vitais do corpo, como o intestino, diminui2.

Por isso, além de causas físicas e alimentares, como baixa ingestão de líquidos, dieta inadequada, baixo consumo de fibras e sedentarismo, seu estado mental também pode facilitar a prisão de ventre2.

Ao mesmo tempo que o estresse possa causar prisão de ventre, pessoas com o intestino preso ficam mais suscetíveis a terem episódios de estresse, exatamente pelo órgão concentrar uma grande quantidade de serotonina, que é a substância responsável pela sensação de prazer e bem-estar1.

“O intestino é considerado o segundo cérebro e a correlação entre os dois órgãos é muito tênue. Toda a qualidade de vida repercute no intestino porque é onde se concentra a maior quantidade de serotonina no organismo. E as pessoas ficam mal-humoradas, principalmente, por não terem controle de si mesmas.” Diz Pamela Magalhães, psicóloga.3

Para evitar que o estresse se torne uma causa de prisão de ventre e que seu intestino provoque mais irritação, é muito importante cuidar bem da sua saúde mental 1-3.

Como evitar o estresse

1) Cuidados com a alimentação

Comer um docinho às vezes é gostoso, mas manter uma rotina leve e saudável de alimentação é uma das dicas para melhorar seu humor. Um consumo adequado de proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e minerais ajuda a manter o bem-estar do corpo e da mente4.

“Se o nosso organismo recebe diariamente esses nutrientes, por meio da alimentação, naturalmente ele irá funcionar melhor, aumentando a energia e vitalidade que precisamos para enfrentar os problemas do cotidiano. No entanto, se existe carência ou excesso de algum elemento, o nosso corpo precisa fazer um esforço para compensar isso, o que gera mais desgaste” informa o cirurgião geral Marcelo Katayama4.

2) Pratique exercícios


A prática de exercícios físicos promove a liberação de hormônios que proporcionam sensação de prazer e melhora a qualidade do sono. Há diversos tipos de atividade física que você pode fazer, inclusive sem sair de casa5.

3) Faça atividades prazerosas

Respire fundo, pratique hobbies, veja séries que você gosta e converse mais com seus amigos e família. Dar risada, por exemplo, reduz os níveis de hormônios e substâncias ligados ao estresse4. Dedique um tempo diário a atividades que você gosta.

Gostou das dicas? Compartilhe com seus amigos e família e coloque em prática para evitar o estresse no seu dia a dia.

 

Fontes:

1. https://saude.abril.com.br/mente-saudavel/a-incrivel-conexao-cerebro-intestino/%20
2. http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2013/09/estado-emocional-pode-interferir-no-funcionamento-do-intestino.html
3. https://noticias.r7.com/saude/mau-funcionamento-do-intestino-afeta-qualidade-de-vida-saiba-por-que-o-orgao-e-nosso-2-cerebro-31032017
4. https://www.minhavida.com.br/bem-estar/galerias/4035-conheca-os-habitos-que-ajudam-a-prevenir-o-estresse%20%20
5. https://lactulona.com.br/em-casa-veja-4-exercicios-para-fazer-na-sala-de-estar/

Gostou? Compartilhe: