Restabelece
o trânsito intestinal.1

A prisão de ventre é mais comum após a menopausa?

16 de março de 2021

A constipação, também conhecida como prisão de ventre, acomete uma grande parcela da população. Estima-se que cerca de 30% das pessoas sofram de intestino preso. Porém a incidência aumenta entre as mulheres e isso pode piorar conforme a idade.¹

Por que as mulheres sofrem mais com a prisão de ventre?

Um dos motivos para muitas mulheres sofrerem com a constipação é o constrangimento na hora de ir ao banheiro. Segurar a vontade causa acúmulo e ressecamento das fezes.¹

Segundo a médica Sthela Maria Murad Regadas, presidente da Sociedade Brasileira de Coloproctologia, “Na fisiologia normal, o desejo de evacuar surge quando uma quantidade de 100ml a 120ml de fezes chega no reto, a parte final do intestino, que também é chamado de reservatório. É quando a pessoa sente a urgência de ir ao banheiro. No entanto, esse reservatório é complacente, ou seja, quando se posterga a evacuação, ele se distende e há uma acomodação do material”.¹

Outras causas físicas também afetam o funcionamento do intestino, como alimentação pobre em fibras, baixa ingestão de líquidos, pouca atividade física, estresse e até mesmo doenças como diabetes e hipotireoidismo.²

A prisão de ventre se torna mais comum após a menopausa?

Os hormônios também interferem no intestino da mulher, não é à toa que a prisão de ventre atinge mulheres em períodos menstruais, gravidez e menopausa.³

“Os hormônios sexuais femininos influenciam os movimentos peristálticos do intestino grosso. Tanto que já se sabe que o intestino de muitas mulheres fica “preguiçoso” durante o período menstrual. Por outro lado, a prisão de ventre é comum na menopausa ou em idades mais avançadas, já que as mudanças ocorridas durante essas fases da vida também afetam os músculos do intestino grosso. Já as grávidas costumam ter problemas digestivos porque, além das mudanças hormonais, o aumento do útero pode dificultar as suas funções intestinais” Explica André Siqueira Matheus, gastroenterologista do Hospital do Coração (HCor).³



Como cuidar melhor do intestino após a menopausa?

Alimentação e hidratação

Uma dieta rica em fibras, com bastante frutas e verduras, pode melhorar o mal-estar da constipação.¹

Ingerir bastante água no dia a dia também é indicado para o bom funcionamento do intestino.¹

Relaxamento para usar o banheiro

Não ir ao banheiro quando você precisa, pode causar o ressecamento das fezes e dificultar sua eliminação. Na hora de usar o banheiro, reserve um tempo para você e procure não segurar e nem prender a vontade.²

Faça check-ups frequentes

A colonoscopia é recomendada a partir dos 50 anos para quem não possui sintomas graves.¹

Fazer o check-up frequente, especialmente se você observar sangue nas fezes, é essencial para descartar a possibilidade de doenças.¹

Não esqueça de seguir as dicas do nosso blog e compartilhar com quem você conhece. Para saber mais dicas de saúde, siga a Lactulona no Instagram.

 

Fontes:

1. https://g1.globo.com/bemestar/blog/longevidade-modo-de-usar/post/2019/03/14/risco-de-prisao-de-ventre-aumenta-depois-da-menopausa.ghtml
2. https://lactulona.com.br/constipacao-em-mulheres-causas-e-como-evitar/
3. https://gauchazh.clicrbs.com.br/saude/vida/noticia/2013/10/entenda-por-que-a-prisao-de-ventre-e-mais-comum-entre-as-mulheres-e-saiba-como-evitar-4317745.html

Gostou? Compartilhe: