Elemento gráfico ilustrativo de ondas.

A menstruação e o funcionamento intestinal

Mulher com expressão de dor com as mãos na parte inferior da barriga expressando cólicas

Se você sente que o período menstrual e pré-menstrual mexe com o seu intestino, saiba que você não está sozinha. Uma grande parte das mulheres sofre com alterações nesse período. A maioria delas reclama de constipação.

Isso acontece porque as mudanças na produção de estrogênio e progesterona mexem com os movimentos peristálticos, que propulsionam a evacuação. O resultado é o chamado “intestino preguiçoso”.

Mas além disso, outros fatores contribuem para esse cenário. A TPM muitas vezes leva a mulher a uma mudança comportamental, ou seja: come menos que o normal, faz menos atividades físicas, muda o ritmo de sono etc. E tudo isso contribui para que o trabalho intestinal também seja afetado.

Nessas situações, a recomendação inicial não é medicamentosa. Faça um esforço para vencer a preguiça e o sono e coloque seu corpo para se movimentar. A alimentação também é uma forte aliada para melhorar os sintomas tanto da constipação quanto da própria TPM. Aumentar o consumo de fibras vegetais (legumes, verduras, frutas e grãos) e líquidos (entre 2 e 3 litros por dia) pode estimular seu intestino. Massas, doces e chocolates tendem a agravar o problema.

Outra importante recomendação é respeitar o relógio biológico. Se der vontade, não tente adiar a ida ao banheiro. Segurar as fezes favorece o ressecamento e, assim, a evacuação é muito prejudicada. Deixe de lado qualquer tabu ou vergonha sem motivos e lembre-se que não há nada mais natural e democrático: homens, mulheres, ricos, pobres, jovens, idosos, absolutamente todas as pessoas do mundo tem que fazer as suas necessidades.

Fonte:
https://g1.globo.com/bemestar/noticia/por-que-a-tpm-mexe-com-o-intestino-bem-estar- explica.ghtml

Gostou? Compartilhe:

7