Restabelece
o trânsito intestinal.1

4 dicas para comer bem no fim do ano

23 de dezembro de 2019

Para muitas famílias, fim do ano é sinônimo de ceias fartíssimas com diversas opções de aves, frituras, sobremesas e, muitas vezes, exageros. Com aquela empolgação do Natal e do Ano Novo, nem sempre a boa alimentação é uma prioridade, mas é possível comer bem no fim do ano e ainda aproveitar muito.

Segundo a nutricionista Raissa Lima, da Hapvida Manaus, “É tudo uma questão de controle e equilíbrio (…) A maioria quer saber o que pode ou não comer. A verdade é que dá para comer bem nesses eventos, mas é preciso haver balanceamento dos nutrientes”.1


Dicas para comer bem no fim do ano

Escolha poucas fontes de proteína

É comum que a mesa do Natal esteja cheia de diversas proteínas como peru, chester, tender, lagarto, lombinho, pernil, frango, entre outros. Porém, o excesso de proteína não é indicado nem no dia a dia, nem nas festas de fim de ano, pois pode causar problemas renais. Isso acontece pois a proteína que não é utilizada pelo corpo é eliminada pelos rins e sobrecarrega suas funções.2

Outros problemas que podem ser causados pelo excesso de proteínas são aterosclerose, doenças cardíacas, osteoporose, pedra nos rins, aumento de peso e problemas no fígado

Na hora de fazer a ceia, escolha apenas duas ou três opções e pegue pedaços pequenos para não exagerar e comer bem no fim do ano.

Faça um prato balanceado

Assim como o frango, o ovo é uma proteína que garante a sensação de saciedade por mais tempo. Além disso, o ovo pode ajudar a recuperar as energias sem conter açúcar nem fermento, que dificultam a digestão.

Não é porque é fim de ano que o prato tem que ser cheio de gorduras e proteínas. Fazer uma refeição balanceada é importante para manter a saúde e comer bem no fim de ano.

Na hora de montar seu prato, procure escolher fontes  de carboidrato, proteínas, vitaminas, minerais e lipídeos. Um prato com arroz, lentilha, peru e salada é uma boa pedida.3

Prepare sobremesas mais saudáveis

A hora da sobremesa causa frisson entre os membros da família e é uma das melhores partes da ceia de Natal e de Ano Novo. Porém, o excesso de açúcar não é indicado. “Quando o alimento contém muito açúcar, a insulina encontra dificuldades para fazer seu trabalho e acaba deixando grande quantidade de glicose ir para o sangue”, explica Fernanda Pisciolaro, membro da Abeso (Associação Brasileira de Estudos Sobre a Obesidade).

Mas calma, nem tudo está perdido! Que tal fazer sobremesas mais saudáveis esse ano? Algumas opções são mousse de iogurte, pudim de abóbora, brownies de feijão preto, mousse de coco e framboesas e muffins de mirtilos. Tudo com pouco ou nenhum açúcar, claro.

Evite excessos

Para muitos, a ceia de Natal e Ano Novo é sinônimo de excesso, mas comer o máximo possível que você aguenta não é nada bom para sua saúde. Além do desconforto, comer demais provoca dores, queimação e gases.3

A digestão prejudicada afeta seu organismo, aumentando a produção de toxinas, alterando taxas de colesterol e glicose e até mesmo elevando a pressão arterial.3 Ou seja, nada bom para sua saúde. Por isso, evite excessos.

Gostou das dicas? Compartilhe com sua família e procure comer bem no fim do ano para começar 2020 com o pé direito!

  

FONTES:

1. http://g1.globo.com/am/amazonas/especial-publicitario/hapvida/noticia/2014/12/festas-de-fim-de-ano-saiba-como-comer-bem-sem-peso-na-consciencia.html

2. https://www.tuasaude.com/excesso-de-proteina-faz-mal/

3. https://www.guiadasemana.com.br/bem-estar/noticia/dicas-para-evitar-exageros-nas-festas-de-fim-de-ano

Gostou? Compartilhe:


Notice: Undefined variable: related_post_title_option in /home/storage/6/97/75/devlactulona/public_html/wp-content/themes/lactulona-child/functions.php on line 912